quarta-feira, 26 de maio de 2010

Saudades...

Apenas e só de sentir!

É facil ser amado!

E Amar?

domingo, 24 de maio de 2009

"Ela não gostava"

“Ela não gostava de histórias de amor....
Romances de amor.
Filmes de amor.
Poemas de amor.
Reencontros, finais felizes, em histórias de amor.
Achava o amor invenção de espíritos fracos, como a fé.
Fragilidade desnecessária.
Fonte de dependências e complicações.
Perca de individualidade.
Não era uma mulher fria ou frígida, apenas não acreditava e não gostava da palavra amor. Satisfazia a vontade de sexo não criando afectos, compromissos.
Quando o conheceu estava já numa idade tranquila.
Tinha construído a vida, livre de presenças permanentes e de saudade.
Por ele, olhou para trás pela primeira vez na hora da despedida.
Pela primeira vez quis rever alguém.
Pela primeira vez desejou ficar depois de saciado o corpo.
Ela dizia-lhe:
- Nunca digas que me amas ou partirei !
- Nunca direi que te amo!
E a palavra amor, era palavra proibida.

Sempre que sentia crescer nele a palavra;
Sempre que sabia que ele a ia proferir, calava-o.
Selava a palavra na boca dele, com a sua.
E a palavra amor...era silêncio.
Ele perguntava:
- Porque não queres que diga a palavra?
- Porque não a queres ouvir?
- Porque fazes da palavra vergonha e segredo?
Ela calava-se...
Calava a promessa feita numa cama de menina com ódio de mulher.
Calava... como fechava os ouvidos para não ouvir a palavra. Calava, como cerrava os lábios quando lhe pediam para a dizer.
A palavra amor, sinal de aceitação, rendição.
A palavra amor, palavra que mataria a menina em si.
Ela dizia-lhe depois, quase em súplica:
- Nunca digas que me amas ou partirei...!
- Nunca direi que te amo...!

Um dia ele não apareceu....
O silêncio do amor tornara-se fardo insuportável
Um sentimento novo e indesejado cresceu dentro dela.
Tentou ignorar o chamamento do corpo.
Calar a vontade...
Calar a saudade...
Quando não resistiu.
Quando desistiu da luta e se rendeu, ligou-lhe. Disse triste:
- Amo-te....! - ... E desligou.
Ele correu para ela.
Esperara tanto tempo voz e palavra.
Abriu a porta da casa dela com a chave que era a sua.
A chave que ela não dera antes a ninguém.
Escrita nas paredes do corredor, na sala, saindo para a rua pelos vidros e persianas.
Escrita a vermelho, como que arrancada de dentro, rasgando, perfurando paredes.
Escrita por toda a casa, estava a palavra “AMO-TE”.
Viu-a na cama...
Nas mãos..., um papel que dizia despedida.
No papel, desenhado por mãos de criança, estava um homem sorridente dando a mão a uma menina de olhos molhados de revolta.
O homem dizia amo-te e sorria.
A palavra fora riscada vezes sem conta... até rasgar o papel...

By Encandescente in Eroticidades

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Retirado do Baú do meu reflexo


Reflexos de emoções passadas...

Memórias do que já escrevi...

Cada palavra,cada lágrima,cada sentimento...está tudo lá!!
A vontade de estar onde não se está,
de ter o que não se tem,
de encontar o "alguem"como disse:
almas perdidas ou incompreendidas,
esperançosas ou pessimistas,
lutadoras ou derrotadas...
são almas que buscam e sentem...

É efémera esse vontade,
nunca satisfeita, nunca completa.
Vejo-me em muitas frases que se escreve,
muitos "cenários",
como se de passagens da minha vida se tratasse,
como se de um filme que todos já viram mas com o "The End" indefinido,
mas como eu , muitas almas andarão por ai na tal busca,
e eu acreditei que fosse "alguem"...

mas o importante amigo que me lês,

é tu ouvires os gritos do teu silencio,
ouvires e conheceres a tua propria alma.

Tu sabes... Eu sei... "Elas" andam soltas por ai!"


(Ao Luar)

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

S.O.S



Não quero!!
Tira-me daqui !
Tira-me de mim!
Eu não quero este “eu” quero o novo, o que está para chegar.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Apeteces-me...

Aqui estou eu!
No meio de uma multidão sinto-me só, oiço o silêncio, o barulho que sai da tv não passa de um gesticular de lábios da personagem, os carros que passam com destino certo são-me indiferentes.
Mas estarei realmente?
Sinto-me à parte, é bom sentir-me assim, no meu mundo, o nosso, aquele em que tudo e todos não entram.
Será?
Poderia gritar com os meus silêncios, mas prefiro esperar.
Nem sei pelo que espero.
Espero por ti?
Não!
Definitivamente não!!
Espero sim por mim.
Espero por quem me completa.
Dois seres num reflexo que se fundem num simples olhar (acreditem que nada tem de simples)
O corpo que se sente sem ser tocado.
Um respirar em sintonia (aliás, em tudo há sintonia)
Suspiros nossos!


Confuso?
Nada disso, há sempre uma razão, não me apetece tentar perceber, apetece-me apenas saborear!

Simplesmente...
Apeteces-me!


"sentimento tão sublime que aparece sem pedir"
Sim apenas "Uma questão de palavras"

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

From this moment on ...

From this moment life has begun
From this moment you are the one
Right beside you is where
I belongFrom this moment on

From this moment I have been blessed
I live only for your happiness
And for your love I'd give my last breath
From this moment on

I give my hand to you with all my heart
I Can't wait to live my life with you,
I can't wait to startYou and I will never be apart
My dreams came true because of you

From this moment as long as I live
I will love you, I promise you this
There is nothing I wouldn't give
From this moment on

You're the reason I believe in love
And you're the answer to my prayers from up above
All we need is just the two of us
My dreams came true because of you

From this moment as long as I live
I will love you, I promise you this
There is nothing I wouldn't give
From this moment
I will love you as long as I live
From this moment on...

Shania Twain

(A partir deste momento a vida começou, a partir deste momento tu és o único...)

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

À Gargalhada!!!




Eis a razão das minhas gargalhadas!.


Quem é sensível, por favor não leia....


Relato de um homem que depilou os tintins !

"Estava eu a ver TV numa tarde de domingo, naquele horário em que não se pode inventar nada para fazer, pois no outro dia é segunda-feira, quando a minha esposa se deitou ao meu lado e começou a brincar com minhas "partes".

Após alguns minutos ela teve a seguinte ideia:

- Por que é que não me deixas depilar os teus "ovinhos", pois assim eu poderia fazer "outras coisas" com eles.

Aquela frase foi igual a um sino na minha cabeça.

Por alguns segundos imaginei o que seriam "outras coisas".

Respondi que não, que doeria coisa e tal, mas ela veio com argumentos sobre as novas técnicas de depilação e eu a imaginar as "outras coisas", não tive argumentos para negar e concordei.

Ela pediu-me que me pusesse nu enquanto ia buscar os equipamentos necessários para tal feito.

Fiquei a ver TV, porém a minha imaginação vagueava pelas novas sensações que sentiria e só despertei quando ouvi o beep do microondas.

Ela voltou ao quarto com um pote de cera, uma espátula e alguns pedaços de plástico.

Achei estranhos aqueles equipamentos, mas ela estava com um ar de "dona da situação" que deixaria qualquer médico urologista sentir-se um principiante.

Fiquei tranquilo e autorizei o restante processo.

Pediu-me para que eu ficasse numa posição de quase-frango-assado e libertasse o aceso à zona do tomatal.

Pegou nos meus ovinhos como quem pega em duas bolinhas de porcelana e começou a espalhar a cera morna. Achei aquela sensação maravilhosa!

O Sr. "tolas" já estava todo "pimpão" como quem diz:

"Sou o próximo da fila!"

Pelo início, imaginei quais seriam as "outras coisas" que aí viriam.

Após estarem completamente besuntados de cera, ela embrulhou-os no plástico com tanto cuidado que eu achei que ia levá-los de viagem.

Tentei imaginar onde é que ela teria aprendido essa técnica de prazer:

Na Tailândia, na China ou pela Internet?

Porém, alguns segundos depois ela esticou o "saquinho" para um lado e deu um puxão repentino.

Todas as novas sensações foram trocadas por um sonoro " A PUUUUTA QUEEEE TE PARIUUUUUUU", quase gritado letra por letra.

Olhei para o plástico para ver se a pele do meu tin-tin não tinha vindo agarrada.

Ela disse-me que ainda restavam alguns pelinhos, e que precisava repetir o processo.

Respondi prontamente:

Se depender de mim eles vão ficar aí para a eternidade!

Segurei o Sr. Esquerdo e o Sr. Direito nas minhas respectivas mãos, como quem segura os últimos ovos da mais bela ave amazónica em extinção, e fui para a banheira.

Sentia o coração bater nas "pendurezas".

Abri o chuveiro e foi a primeira vez na minha vida que molhei a salada antes de molhar a cabeça.

Passei alguns minutos deixando a água gelada escorrer pelo meu corpo.

Saí do banho, mas nestes momentos de dor qualquer homem se torna num bebezinho: faz merda atrás de merda.

Peguei no meu gel pós barba com camomila "que acalma a pele", besuntei as mãos e passei nos "tomates".

Foi como se tivesse passado molho de piri-piri.

Sentei-me no bidé na posição de "lavagem checa" e deixei a água acalmar os ditos.

Peguei na toalha de rosto e abanei os "ditos" como quem abana um pugilista após o 10° round.

Olhei para meu "júnior", coitado, tão alegrezinho uns minutos atrás, e agora estava tão pequeno que mais parecia o irmão gémeo de meu umbigo.

Nesse momento a minha esposa bate à porta da casa de banho e perguntou-me se eu estava bem.

Aquela voz antes tão aveludada e sedutora ficou igual a uma gralha.

Saí da casa de banho e voltei para o quarto.

Ela argumentava que os pentelhos tinham saído pelas raízes, que demorariam a voltar a crescer.

Pela espessura da pele do meu tin-tin, aqui não vai nascer nem sequer uma penugem, disse-lhe.

Ela pediu-me para ver como estavam.

Eu disse-lhe para olhar mas com meio metro de intervalo e sem tocar em nada, acrescentando que se lhe der para rir ainda vai levar PORRADA!!Vesti a t-shirt e fui dormir, sem cuecas.

Naquele momento sexo para mim nem para perpetuar a espécie humana.

No outro dia de manhã, arranjei-me para ir trabalhar.

Os "ovos" estavam mais calmos, porém mais vermelhos que tomates maduros.

Foi estranho sentir o vento bater em lugares nunca d'antes soprados.Tentei vestir as boxers, mas nada feito. Procurei algumas mais macias e nada.

Vesti as calças mais largas que tenho e fui trabalhar sem nada por baixo.

Entrei na minha secção com uma andar igual ao de um cowboy cagado.

Disse bom dia a todos, mas sem os olhar nos olhos, e passei o dia inteiro trabalhando de pé, com receio de encostar os tomates maduros em qualquer superfície.

Resultado, certas coisas só devem ser feitas pelas mulheres.

Não adianta nada tentar misturar os universos masculino e feminino!"


E pronto aqui esta um bom conto de Natal :D


Boas Festas a todos, beijo

terça-feira, 6 de maio de 2008

Dar voz à nossa lingua mãe




Venho dar voz a uma petição, desde já dou os parabéns a quem se lembrou de dar o "grito" em prol do que é nosso.
Não é de hoje que a nossa língua tem sofrido alterações para "simplificar" o Português que se escreve em terras que fazem a língua de Camões sua, mas nessa altura eu não estava cá, não tinha blog, não tinha idade, nem me apercebia o porquê das alterações, agora passou a aberração, o orgulho da nossa língua só nós os portugueses a sentimos, alguns países em que a língua portuguesa era a língua oficial, mudaram para Francês, Inglês, eles que mudem, agora não assassinem a nossa.
Em casa tenho um bom exemplo do que é mutilar a nossa língua, o meu marido é brasileiro, muitas vezes "brincamos" com o português de cá e o português de lá, ele quer corrigir-me, ri-se, brinca com a forma como falamos e escrevemos, ele faz isso porque sabe o quanto eu defendo o que é "nosso" e que "viro bicho" como ele diz.
Antigamente o meu melhor argumento era que a língua dele deriva da nossa, que a nossa é a língua mãe e que eles adaptam conforme lhes convém, que para eles escrever com "u" ou "l" tem a mesma fonia então está correcto (eu sou teimosa), que usam americanizadas com pronuncia estranha quem nem eles sabem o porquê das usarem.
Agora, agora com este acordo ele já me diz :
"A sua língua é a mãe mas esta a virar madrasta, vai mudando e ficando mais parecida como falamos no Brasiu" (ou Brasil que esta bem escrito)
Porque raio temos de ser nós a "actualizar" a nossa língua e não "eles" a aprenderem como se fala o Bom Português?
Falam em referendos para tanta coisa e ninguém se lembrou que o povo português tem (deveria ter) uma palavra a dizer sobre este assunto, afinal estão a alterar algo que nos pertence, que faz parte de nós como Pais, cultura.
Nós somos a Nossa Língua e não um rectângulo na ponta da Europa que tem uma língua estranha!

Não posso fazer nada para alterar o que está decidido, mas posso sempre manifestar o meu desagrado!

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Nada como saber :)


GRAMÁTICA

Filho: Pai...
Pai: Humm?
Filho: Como é o feminino de sexo?
Pai: Quê?
Filho: O feminino de sexo.
Pai: Não tem.
Filho: Sexo não tem feminino?
Pai: Não.
Filho : Só há sexo masculino?
Pai : Sim. Quer dizer, não. Existem dois sexos. Masculino e feminino.
Filho : E como é o feminino de sexo?
Pai : Não tem feminino. Sexo é sempre masculino.
Filho: Mas acabas de dizer que há sexo masculino e feminino.
Pai: O sexo pode ser masculino ou feminino. A palavra Sexo é masculina.O sexo masculino, O sexo feminino.
Filho: Não deveria ser "A sexa"?
Pai: Não.
Filho: Mas porque não?
Pai: PORQUE NÃO! ...Desculpa, porque não. "Sexo" é sempre masculino.
Filho: O sexo da mulher é masculino?
Pai: Sim. Não! O sexo da mulher é feminino.
Filho: E como é o feminino?
Pai: Sexo também. Igual ao do homem.
Filho: O sexo da mulher é igual ao do homem?
Pai: Sim. Quer dizer...olha: há sexo masculino e feminino. Não é verdade?
Filho: Sim.
Pai: São duas coisas diferentes.
Filho: Então, como é o feminino de sexo?
Pai: É igual ao masculino.
Filho: Mas não são diferentes?
Pai: Não. Ou melhor, sim! A palavra é a mesma. Muda o sexo, mas não muda a palavra.
Filho: Então não muda o sexo. É sempre masculino.
Pai: A palavra é masculina.
Filho: Não. "A palavra" é feminino. Se fosse masculino seria "O palavra."
Pai: Basta! Vai brincar.
O filho sai e entra a mãe, o pai comenta: - Temos que vigiar esse miudo... - Porquê?- Só pensa em gramática!
Bom feriado ;)
(recebido por mailito)

Esta semana há feriado!!!

(supostamente eles deveriam estar aos saltinhos.... humpf)


sexta-feira, 28 de março de 2008

Hoje sou "Mar"




Hoje sinto-me…

Livre como uma onda
Que bate com força na rocha
Que fustiga o horizonte
Mudando de azul calmo, para um branco sujo de raiva

Engraçado…

Talvez eu goste do mar e o veja como cúmplice confidente porque
Simplesmente sou semelhante aos seus rasgos de humores.
Humores que saltitam
Ora calmo… ora revolto
E acreditem que sou um “Mar” difícil de navegar,
Com manhas e marés umas vezes bato, enfrento a “costa”
Outras, simplesmente deslizo suavemente pela areia…

E brinco com as marcas da vida que teimam em ficar na areia…

As que realmente importam circundo-as como se tivesse uma muralha a proteger
Outras…
Aquelas que nos fazem sofrer vou passando por elas,
suavizando, sem nunca as apagar, afinal são uma lição do que vivi…

Abro o caminho no areal para escrever novas etapas…
Um dia de cada vez!

Já vos tinha dito que hoje … vi-me “MAR” ?



(Ao Luar)






Matando saudades de dar ao dedo por estas bandas :)

quinta-feira, 20 de março de 2008

A mensagem com som ...





Esta música é especial, tem uma mensagem que pode ser sentida de muitas formas, com tristeza, saudade, nostalgia.
Eu sinto-a de uma forma diferente, sinto que é uma mensagem de mim para o meu EU, sinto que é o meu sentir que acorda, a minha alma que me abana, a coragem que rejuvenesce, uma lufada de esperança mesmo quando tudo está bem…
Sinto que me protejo do mundo, é o meu silêncio a gritar para mim…

Até breve 

segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Tentando ser original :)


Que O Natal traga a felicidade, a paz, alegria, fartura e troca façam felizes quem vos rodeia :)
beijo natalicio com sininhos, lacinhos, filhoses :)

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Um ano... no Reflexo, Ao Luar :)


Estava eu a reler o que por aqui tenho colocado...
Quando cheguei ao ultimo (quer dizer o primeiro que escrevi) e já fez um ano...
Como tempo passa, como as minhas emoções mudarem, evoluíram, iluminaram, afinal foi só um ano e tanta coisa se passou por este coração, por esta vida:)

Existiram sorrisos, lágrimas, gargalhadas, recordações, desejos, sonhos... de tudo!
Partilho o primeiro "poema" (como se eu fosse poeta rsrs) que escrevi:













Reflexos das acções...
das emoções...
do espelho distorcido...
de um gesto escondido...

Reflexos de tudo o que somos...
o verso e reverso do que fazemos...
do que já fomos...
no que nos tornemos...

Reflexos de risos e lágrimas...

Reflexos do ser...
do existir...
do parecer...
do desistir...
persistir...
São reflexos, aqueles, que temos ao reagir...
no entanto eles retornam noutra forma de ser...
ficam espelhados...
gravados...
são ...

Reflexos de Nós...

(Ao Luar)


Posted by Ao Luar at 11/16/2006 10:14:00 AM


As coisas que uma pessoa por vezes escreve :)

beijos e grata a todos os que passaram por este Canto, reflectindo no reflexo ;)

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Frase da semana...




¿Sabe o que é a Meia Idade?

É a altura da vida em que o trabalho já não dá prazer...
E o prazer começa a dar trabalho!
A minha sorte em ter idade mas não fazer uso dela ;)

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

From this moment...



(tenho de aprender a fazer isto como deve ser :) )

Bom Fim-de-semana :)
beijocas, sorrisos e abraços

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Sabes o que é...?


Como em muitas outras questões... o respeito à liberdade de escolha, de crenças, de ideologias...
Deveríamos de expor os nossos pensamentos, sentimentos, ideias, mas nunca Impor!
Afinal somos diferentes entre iguais!!

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Amigos!!


Um amigo é...



"Um amigo é alguém que nos ajuda.

Um amigo é alguém que nos apoia.

Um amigo é alguém que nos puxa as orelhas (adorei esta)

Um amigo é alguém que está sempre ao nosso lado quando mais precisamos."



Pois bem, esta foi o trabalho livre da minha filhota em Português, fiquei orgulhosa, não só pelo tema, pela forma como escreveu (temos artista lol) mas principalmente, ao 10 anos tem uma noção de amizade que muitos adultos desconhece ou esquece...

Filhota uma vez mais parabéns Amor vindo de ti não se podia esperar outra coisa :)

Acho que vou criar o "Oblog da minha filha" eheheh


























Fiquem bem , beijitos e sorrisos :)

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Desabafo de Um Homem Moderno (2ª parte)









Hoje?


Hoje não há nada disto...


Hoje em dia um tipo chega a casa e a gaja não está porque teve uma puta duma reunião até mais tarde...


F…a-se, mas para que é que ela trabalha??? depois um gajo não pode ter cão porque a porra da associação de condóminos acha que o bicho mijanas escadas.


F..da-se, quem é que traz os chinelos??? ELES???


C..alho pá...Como não há gaja, um tipo vai ali à Frangolândia daesquina buscar uma porra duma merda cheia de nitrofuranos paradebicar.


Chega a casa vai para a sala, senta-se e pimba, eis que entra a gaja, cheia de pressa, saca uma coxa da ave, o pacote de batatas fritas que um gajo teve meia hora para escolher e abanca alegremente no sofá mais confortável com o comando da TV na mão.


Faz perguntas de retórica do tipo "Tão? Tásse? Correu bem?" e pior, responde logo a seguir: "Fixe pá. Baril. Cool.


Agora péra aí!""Péra aí!" ... sabem pa quê???


Para desatar a fazer um zapping pelos n canais da TVCabo em busca de telenovelas mexicanas e programas da tanga.


F..da-se, não há pachorra...


Fica um tipo sem a coxa do frango, sembatatas, sem Tv...


Bem, um gajo vai à casa de banho naquela de cuidar da higiene e c..alho pá...aquela merda tá cheia de frasquinhos cor de rosa comuns nomes ilegíveis... mas pa que é que a gaja quer tanto frascoca..alho?????


IRRA!!!!


É melhor ir pá cama...


Um gajo deita-se, cansado e farto daquela merda, quer dormir, e ASSIM QUE ADORMECE, eis que chega a filha da puta, atirada pa cima da cama assimà bruta já toda nua, sem um pingo de lingerie provocante,destapa um gajo, mete-lhe a c ... na boca, grita "-Lambe!", f..de um gajo todo violentamente e no fim vem-se umas 15 vezessem sequer um tipo atingir o orgasmo...


No fim, ainda tem aputa da lata de pedir ao gajo pa lhe chegar um cigarrinho euma garrafinha de água que, claro, estão espalhados pela casa...


Um gajo até é um querido e quê, vaibuscar essas merdas e quando chega já a gaja dorme,ressonando que nem um cavalo, só para acordar no dia seguinte, dar uma cotovelada no lombo dum gajo dizendo:


"-Oi amor... vai lá buscar pão pá gente tomar pekeno almoço..."


F..da-se, já não ha carinho...


Onde está o amor que unia nossos pais?


Onde, o respeito, a cena familiar?


Onde estão os preliminares, C..ralho???????????




E PRONTES!!!


Nada como o meio termo, ou então existe sempre a possibilidade de combinarem os dias da semana quem faz o "Zaping" lá em casa!! eheheheh

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Desabafo de um Homem (1ª parte)



Peço perdão pelos palavrões...são mesmo muitos!!
pessoas mais sensíveis...não leiam :))


*Desabafos de um homem moderno :*


Meus amigos, pensei um bocado na vida e é triste...

simplesmente triste...

Um gajo dantes chegava a casa do trabalho e a mulher vinha cumprimentar, seguida do cão, aos pulos, contente esatisfeito por o dono estar de volta.

Dava-se um xoxo, perguntava-se como correra o dia...essas merdas!

Depois um gajo abancava no sofá da sala, ligava a televisão no programa desportivo ou nasnotícias enquanto a sua esposa na cozinha preparava o jantar.

Acabado que era, ela chamava o gajo para a mesa,baixinho para não interferir com a informação. Um tipo jantava, um belo dum entrecosto grelhado e de vez em quando passava a mão pla febra, descobrindo as meias de ligas e a lingerierendada que ela pusera para o agradar.

Cafezinho servido e um balão de conhaque acamavam a refeição, enquanto na TV passava um filme de suspense.

Entretanto a mulher dedicada ia trocar de roupa para

levantar a mesa e passavade avental por cima do body decotado ecorrespondente cinto de ligas, desfilando enquanto fazia as lides domésticas.

Um gajo entretanto mandava-a para a cama, aquecer oleito, enquanto ia à casa de banho dar um retoque na higiene.

Na cama, a esposa fazia uma massagem ao seu maridotrabalhador e depois, se ele assim o entendesse, faziam amor, após o queele dormia um sono descansado, apenas

para acordar no dia seguinte com um beijo de bons-dias companhado

do pequeno almoço.


Hoje?

Hoje não há nada disto...

(recebido por mailito )


meus senhores o "hoje" do mail será só amanha:þ

e o vosso hoje?? Hein? ehehehehe

terça-feira, 18 de setembro de 2007

A melhor prenda ...



Passavam 8 segundos do dia 15, um despertador toca, era o da minha filha, ela tinha-o programado para ser a primeira e desejar-me um feliz dia :)
Então vejo-a a sair do quarto com uns olhinhos de sono, muito molinha, veio até mim, aconchegou-se no meu colo e disse:

"Eu Amo-te muito Mamã, parabéns e muitos anos de felicidade"

Trazia um envelope (feito por ela) e ofereceu-me...
Dizia:
"Feliz aniversario, que estes 37 anos te tragam tudo de bom, não tenho nada para te dar, mas tu das-me tudo.
Ensinas-me a sonhar, mas ninguém sonha como tu...
Ensinas a Amar, mas ninguém me amará como tu!
Amo-te muito, beijinhos da tu filha Rita."


Hainhain... (suspirando), foi assim que se passou o momento seguinte, um suspiro e um silencio delicioso, ai fui eu que procurei o miminho dela.



Fiquei sentada no sofá à espera que ela adormecesse para a levar para a cama, mas não me apetecia, eu queria estar ali a olhar, a guardar o sono dela.




Rita a Mamã também te AMA muito minha querida.



Beijinho meu doce, meu tesouro!






Apenas para partilhar um dos momentos mais felizes do meu dia :)

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Happy (trálálá...) to me... :)








É só amanhã... (ai tantas velas) :D









(psiiuuu não digam a ninguém mas ainda faltam ali muitas mais hihihihi)



milhões deles para quem aqui passar, se lembrou, esqueceu, nem sabia... ;)



Para mim... e para "ti" :)

Até ... :)




quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Aproveitando o presente...


Estou feliz…
Sou eu quem o diz….
Não só por palavras, mas por gestos, emoções…
Por vezes queremos “A” felicidade…
É uma busca constante, muitas das vezes está à nossa frente e não a vemos,
Um dia ouvi esta frase:
“Não procures, deixa-te encontrar”
Esta frase encaixa em muitas situações, na amizade, no amor.
Como diz o ditado, “Quem muito escolhe pouco acerta”
Apesar de estar feliz continuo a achar que felicidade é efémera, o que para mim seria a felicidade, depois de alcançada passa-se a querer mais, ou seja, é género de um ciclo que nunca se fechará…
Existe sempre algo que nos “falta”, o segredo deverá ser aprender a viver o dia a dia com o que temos e lutando por mais.
Acho que não sou a única a sentir dessa forma
Perdemos imenso tempo a fazer projectos para o futuro, não que não os tenhamos que fazer, mas cada momento desses estamos a perder um pedaço do nosso presente.
Até... :)

quarta-feira, 12 de setembro de 2007

terça-feira, 11 de setembro de 2007

Aqui estou



Ao fim de algum tempo aqui estou, apenas para vos dizer que nada tenho para vos contar :)



Agora a sério, sinto-me vazia ("blogamente" falando), por vezes algo se cruza comigo, uma musica, um poema, uma anedota, um e-mail, mas fiquei um pouco saturada de apenas partilhar o que me faz sorrir, sentir, pensar...


Penso que o meu espaço ficou habituado a mais, quando digo mais, refiro-me a pensamentos meus, a emoções de momento, talvez a razão esteja na estabilidade em que me encontro (ainda bem :D)


Não que não sinta, não pense, mas o meu espírito realmente esta um pouco "distante" deste mundo.


Não se alarmem, isto não é um Adeus, apenas uma justificação para o meu espaço ao Luar, (coitado tem ficado para trás no meu dia a dia)


Então, resumindo (e muito) as férias foram boas :D




Até...

sexta-feira, 20 de julho de 2007

Era uma vez.... um final Feliz :)







Pois... aconteceu :)

a minha familia aumentou agora somos 3 em 1 :D


Para a minha Filha e para o meu Amor aqui fica um poema lindo que que será um lema a seguir dia a dia "apenas" fala em Amor...



Amo-Te

Amo-te quando em largo, alto e profundo
Minha alma alcança quando, transportada
Sente, alongando os olhos deste mundo
Os fins do ser, a graça entre sonhada.
Amo-te em cada dia, hora e segundo:
à luz do sol, na noite sossegada.
E é tão pura a paixão de que me inundo
Quanto o pudor dos que não podem nada.
Amo-te com o doer das velhas penas,
Com sorrisos, com lágrimas de prece,
e a fé da minha infância, ingénua e forte.
Amo-te até nas coisas mais pequenas.
Por toda a vida. E assim Deus o quisesse,
Ainda mais te amarei depois da morte.

(Elizabeth B. Browning)
Pssiiuuuu.... Façam o favor de serem felizes :)
beijos

sexta-feira, 1 de junho de 2007

Importante....




Hoje de manhã fui acordada pela minha filhota, com um grande sorriso perguntou-me...

Que dia é hoje mamã?

eu respondi...

É o nosso dia.

Nosso? - Perguntou ela...

Sim, eu tambem sou criança!

És?

Sou, quando brinco contigo, quando nos rimos juntas, quando apanhamos flores, quando fazemos penteados uma à outra... tantas coisas que fazemos e que tu dizes que pareço uma doida a brincar... eu apenas fico grande em altura mas coloco-me do teu tamanho para nos divertirmos.

Ela sorriu e disse que ainda não tinha comprado a minha prendinha de dia da criança :)


Um Bom fim-de-semana :)

Beijos e abraços

Dia da criança...

UM SORRISO DE CRIANÇA EM SUA ALMA...

SE ME DESEJAS AMOR, CARINHO E HARMONIA...
TAMBÉM DESEJAS PROSPERIDADE, AMIZADE E POESIA...
QUASE SEMPRE DESEJAMOS UM BEIJO NO CORAÇÃO...
FAZ RESPIRAR GOSTOSO NOS ENCHENDO DE EMOÇÃO...
A
ALMA CANTA NÃO ME ESPANTA...
A ALMA CHORA VOU EMBORA...
TODO AMOR ME ACALANTA...
E A TRISTEZA DEVORA...
MAS SE ENCONTRO UM IRMÃO...

E VIVEMOS COMUNHÃO...
ENTÃO MINHA ALMA FLUTUA, TUDO MEU SER SUPERA...
EXTRAPOLANDO A GUERRA...
SE ME DESEJAS SORRISO, PODE SER QUE PRECISO...

SE ME FALA DE CRIANÇA...
REFAZ NO MEU SER A LEMBRANÇA...
LEMBRANÇA DA PUREZA, DA IMAGINAÇÃO DO BRINCAR...

DESPERTANDO O SENTIMENTO DO UNIVERSO A CONQUISTAR...
UM SORRISO DE CRIANÇA NA ALMA...
ME FEZ CHORAR...
MAS ACALMA...
(by Rita Reikke)



quarta-feira, 30 de maio de 2007

A PROFISSÃO MAIS ANTIGA DO MUNDO...............


Dizem que a profissão mais antiga do mundo foi a prostituição.

Não posso concordar. Até porque não havia dinheiro quando o mundo começou, e se para o homem bastava dar com uma moca na cabeça da mulher e arrastá-la para a sua caverna, porque carga de água haveria de pagar?

Dizem então que a primeira profissão deve ter sido um dos trabalhos mais básicos, como agricultura ou caça.

Embora concorde que tenham sido das primeiras profissões, a primeira não foram, até porque no início não havia ferramentas para agricultura nem armas para caçar.

Sugerem então que tenha sido o ensino.

Mas para ensinar é preciso aprender.

É a história de quem veio primeiro, o ovo ou a galinha.

Neste caso, o estudante ou o professor.

Ninguém nasce ensinado, logo teria de estudar primeiro.

Mas no início não acredito que o homem tenha partido para esta actividade assim de arranque. Temos de nos colocar na pele desse primeiro homem para perceber. Então, o homem aparece. Um homem, Adão, sozinho, sem saber o que fazer.

Qual a sua primeira iniciativa?

Obviamente, coça os tomates.

Assim sendo, a primeira profissão do mundo foi claramente... funcionário público!



Eheheheheh outro "Must"

(Shark... tu protege-me homem :D )

terça-feira, 29 de maio de 2007

Para RIR!! :D


Devido ao falecimento do avô aos 95 anos, o jovem Camilo foi dar os pêsames à sua avó de 90 anos.

Quando chega, Camilo encontra a anciã chorando e consola-a.

Um pouco depois, quando vê a avó mais calma o neto aproveita e pergunta:

*** Diz-me avó, como morreu o avô?

*** Morreu ao fazermos amor, confessa a avó.

Camilo, horrorizado, responde-lhe que as pessoas de 90 anos ou mais, não deveriam de fazer amor porque é muito perigoso.

No entanto a avó responde:

*** Somente o fazíamos ao Domingo, de há cinco anos para cá, e commuita calma, ao compasso das badaladas do sino da Igreja.

Era Ding para o meter e Dong para o tirar...

Se não fosse o sacana do homem do carrinho dos gelados com o seu sininho, o avô ainda hoje estaria vivo!!!
Hihihihihihih.... está um "must"
até mais... :)

sexta-feira, 25 de maio de 2007

continuando...


Alma perdida...


Tenho vivido como quem espera por um grande amor.
Como a terra que espera pela chuva que tarda em chegar...
Tenho enfrentado o ódio, o esquecimento, a dor de uma alma que se perde constantemente por amor.
Nas horas e momentos que me tenho junto a mim.

Neste espaço reservado as memória de momentos alegres que passaram na rapidez do Tempo.
Na magia das simplicidades das coisas simples que me devoram a essência, ou do que resta de mim.
Serei um dia terra, cinza, vento, saudade de alguém que me amou sem querer, sem pedir nem combinar.
Serei assim...
A saudade de alguém...

Tenho partido como um comboio que sai de uma estação num horário marcado.
Por vezes incerto, imprevisível, resta a saudade de quem partiu no olhar de um adeus.
Um gesto perdura, uma frase morta, perdida na partida, ou um abraço na chegada.
Beijos voando ao sabor das lágrimas.

Como numa noite em que esperei por mim e nunca mais apareci...

Deixei a saudade de mim...


Posted by jamie_jamour ( http://jamour.blogs.sapo.pt/arquivo/2005_06.html )


Enquanto a minha inspiração não chega continuo a partilhar o que me toca ao ler, aquilo que lemos e que não nos deixam indiferentes... o que nos faz pensar, lembrar, relembrar, reflectir...
Por vezes sorrimos, por outras o sorriso cai e dá lugar a outras emoções só nossas (de cada um)...
Cada partilha que faço reflecte de forma diferente em cada amigo que aqui passa, mas o importante é que não passe em branco, não fiquem apenas as letras lidas, mas sim a mensagem sentida.

beijos...
Bom Fim-de-semana




quinta-feira, 24 de maio de 2007

Partilhando....




Cura

A doença é um sintoma da alma,
Um pedido de socorro.
O corpo reflete as ondas interiores
Reflete os sentimentos inúteis que
ainda teimamos em carregar...
Enquanto o amor for apenas assunto
para poemas e sonhos,
Seremos seres doentes e infelizes...
Fala-se de amor como se o mesmo
imperasse em todos os cantos de nossa vida,
Como se todos os nossos gestos
nascessem deste sentimento...
Mas não é assim não, sabemos muito bem!
O amor ainda é uma semente que não
encontrou solo fértil dentro de
nossos corações.
Amor ainda é uma utopia...
Por isso somos almas doentes
Trazemos dentro de nós sinais de animalidade
Sinais que há muito deveriam estar esquecidos...
Quão difícil é ao homem entender seu futuro!
Uma cegueira o persegue
Deixando-o para trás, no caminho da ilusão.
A simplicidade é a essência da perfeição!
A fórmula da cura está dentro de nós,
Basta desejar e dar o primeiro passo...
Estender as mãos ao próximo
e juntos caminharmos em busca de
novos horizontes.
Somente assim encontraremos nossa paz.
Encontraremos nossa verdadeira
identidade.
Um segundo de felicidade
vale mais que uma vida de sofrimentos...


"Um segundo de felicidade vale mais que uma vida de sofrimento...."
pensem nisso :)

quarta-feira, 23 de maio de 2007

nem comento.... heheheh

Se a mulher fosse uma bola:
-Aos 20 era uma bola de futebol...
22 homens a correr atrás dela-Aos 30 era uma bola de basket...
10 homens a correr atrás dela -Aos 40 era uma bola de golf...
1 homem a correr atrás dela-Aos 50 era uma bola de ping pong...
2 homens a empurrá-la, um para o outro-Aos 60 era a bola preta de snooker...
todos evitavam tocar nela antes de
tocarem em todas as outras…


(como já repararam estou a ver os meus meilitos) :)
até ;)

para rir :)


Uma alentejana, de passagem por Lisboa, vai à cabeleireira, onde estãovárias outras mulheres com uns ares de ricas. Enquanto esperam que os cabelos sequem, começam a falar sobre os diversos processos que usam para evitarem a gravidez:- Eu tomo a pílula!- Ai, eu uso um DIU...- Eu não me dou com isso - o meu marido usa a camisa de Vénus!Uma delas pergunta à alentejana:- A senhora, o que é que usa?- Ora, como eu e o mê marido somos pobres, a gente usa o baldi!...- O balde?!...- Como disse?- O balde? É algum método novo? Explique-se...- Bem, como vocemecês vêem, ê cá sou alta, mas o mê Manele é bastante mais baixinho. Gostamos de ter sexo de pê, por isso ele sobe pra cimadum baldi e quando ele está quasi quasi a vir-se, ê dou um puntapê no baldi!...

Para eles... e para elas :)


Ok...Ok... até tem uns olhos bonitinhos....













aaauuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!! ;)




Até.... ;)

terça-feira, 22 de maio de 2007

Anedota do dia :)


Um homem tinha acabado de comprar um mercedes topo de gama, então resolveu ir dar uma volta antes de ir para casa...

Quando ia a 100 km/h viu que estava a ser seguido por um carro dapolicia e resolveu testar a velocidade da sua aquisição e... pé na tábua..... 120... 150.... 180.... 200.... quando ia nos 210 km/h pensou, bem o carro dele tambme é potente, é melhor encostar e não abusar da sorte.

O policia chega junto dele com uma cara de poucos amigos, com o bigode todo iriçado e diz:

- Eu estava a terminar o meu turno e tive de fazer horas extras por sua causa, espero que tenha uma boa desculpa para eu não o multar!!

- Senhor agente, a minha mulher saiu de casa por causa de um policia, eu pensei que era ele a vinha devolver.


:)

segunda-feira, 21 de maio de 2007

Para quem vem ver o reflexo....


Bom dia....
Boa tarde...
Boa noite...

Amigos (suspirando lol) tenha andado mais que desaparecida, falta de tempo, paciencia, inspiração, motivação... nem mesmo eu sei dar uma explicação para este meu silencio... até os mailitos que recebo não os tenho visto vão em 430...
Estou a precisar de férias eheheheh (granda desculpa) mas estou cansada emocionalmente, profissionalmente mentalmente.... bem isto anda mesmo tipo.... TPM constante :)
Tenho que dar mais atenção ao meu cantinho, a voces, mas tenho estado a dar a mim mesma.
Para a semana ou ainda esta ou só para a outra eu volto... quando a inspiração bater forte :D
beijos e abraços....
até mais... Postar

sexta-feira, 30 de março de 2007

Dicionério de uma Loira... (desculpem) ehehehe



Testículo - Texto pequeno.
Abismado - Pessoa que caiu de um abismo
Pressupor - Pôr preço em alguma coisa.
Biscoito - Fazer sexo duas vezes.
Padrão - Padre muito alto.
Democracia - Sistema de governo do inferno.
Barracão - Algo que proíbe a entrada de caninos.
Homossexual - Detergente para lavar as partes íntimas.
Ministério - Aparelho de som de dimensões muito reduzidas.
Detergente - Acto de prender seres humanos.
Eficiência - Estudo das propriedades da letra F.
Conversão - Conversa prolongada.
Halogéneo - Cumprimento a pessoas muito inteligentes.
Expedidor - Mendigo que mudou de classe social.
Luz solar - Sapato que emite luz por baixo.
Cleptomaníaco - Mania por Eric Clapton.
Contribuir - Ir para algum sítio com uma tribo de índios.
Aspirado - Carta de baralho completamente maluca.
Coitado - Pessoa vítima de coito.
Regime Militar - Dieta e exercícios feitos pelo Exército.
Caçador - Indivíduo que procura ter dor.
Assaltante - Um A que salta.
Determine - Prender a namorada de Mickey Mouse.
Coordenada - Que não tem cor.
Presidiário - Aquele que é preso diariamente.
Ratificar - Tornar-se um rato.
Violentamente - Viu com lentidão.

:D Bom fim de semana
Beijos!!

quarta-feira, 21 de março de 2007

Acreditar... é possivel


Estou aqui…
Sinto-te
Cheiro-te
Saboreio o nosso amor…

Abro os olhos…
Afinal tu também estás…

O receio era tanto,
Que aqui estavas, eu não te via.
Quase que podia te perder
Com tanto receio de ser feliz…

Pegaste-me ao colo…

Nunca deixaste de me abraçar…

Mais uma lição a partilhar...




"A Solidão não é falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo…
Isso é carência
Solidão não é um sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem voltar…
Isso é Saudade.
Solidão não é um retiro voluntário que nos impomos, por vezes para alinhar os pensamentos…
Isso é Equilíbrio.
Solidão não é um claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente para que revejamos a nossa vida…
Isso é um principio da natureza.
Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado…
Isso é circunstancia.
Solidão é muito mais que isso…
Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa Alma"

(Franscisco Buarque de Holanda)

quinta-feira, 8 de março de 2007

Deixa a chama acesa...



Se o fogo trás nas chamas
A alma que se agita
e que te acena
para que de um trago
a paixão ousada
te consuma
contempla o seu brilho
sem receio....

P’ra quê fugir da alma a que tens direito?




Bom fim de semana :)

beijos

quinta-feira, 1 de março de 2007

Do you know...?


"Ser Só"

Se estas só não fiques triste,
Da ouvidos à solidão e fala com o outro lado de ti,
Ficarás assim em presençaa do teu maior amigo.
Aquele ser invisivel a quem pedes conselhos,
Com quem dialogas em pensamento,
A quem pedes compreensão para contigo.
Vais descobrir coisas lindas todos os dias,
Vais com ele até à tua infância,
Com ele, vais em busca do futuro,
Com ele dividirás tristezas e alegrias,
Com ele descobrirás a tolerância,
Com ele navegas pelo seguro.
Estavas só e triste,
Mas um novo aliado já descobriste.
Sê forte e continua as tuas descobertas.

Agora na outra face do teu ser,
Aqui há também um inimigo,
O que te tira o sono,
O que te tira o prazer.
Mas ouve-o, escuta-o com atenção,
Ele tem coisas para te dizer.
Coisas más, por certo,
Coisas terríveis, às vezes,
Mas não fiques triste,
Mantem o teu espírito aberto.
Este inimigo vai-te tentando,
Vai-te obrigando a fazer o que tu não queres,
Vai estar contra o teu amigo também.

Mas... luta,
Luta porque vale a pena.
São duas forças contra uma,
A tua e a do teu amigo,
São dois contra o exterminador.
Mas uma batalha perdida
Não significa perder a guerra,
Se tudo for feito com amor.
Como vês, não estas só!
Se não estas só, não podes estar triste.
Então abre o teu espírito à convivência,
Continua a dialogar contigo próprio,
Um dia sorrirás de alegria,

Quando olhares à volta do teu "EU"
E vires uma imensa multidão
Que te dá vivas e te adora.
Se estás só, não fiques triste,
Porque afinal a maior tristeza
É a de pensar que estás só.
Não tens razão para estar triste,

Porque afinal a palavra SÓ não existe!

Lobo Amaral (pseudónimo)
Achei que tinha uma mensagem inportante e com uma força enorme, então... só posso partilhar :)
(desculpem a ausência)
Beijos

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007

Frase da semana...

"Eu gosto de viver.
Já me senti ferozmente, desesperadamente,
agudamente infeliz, dilacerada pelo sofrimento,
mas através de tudo ainda sei,
com absoluta certeza,
que estar viva é sensacional."
(Agatha Christie)

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2007

Partilho o poema... "Metade"














"Metade"




Que a força do medo que tenho não me impeça de ver o que anseio.
Que a morte de tudo que acredito não me tape os ouvidos e a boca.


Porque metade de mim é o que eu grito, mas outra metade é silencio…


Que a música que ouço ao longe seja linda, ainda que triste.
Que a mulher que eu amo seja sempre amada, mesmo que distante.

Porque metade de mim é partida e a outra metade é saudade.


Que as palavras que eu falo não sejam ouvidas como prece nem repetidas com fervor, Apenas respeitadas como única coisa que resta a um homem inundado de sentimento.

Porque metade de mim é o que ouço, mas outra metade é o que calo.


Que essa minha vontade de ir embora se transforme na calma e na paz que mereço.
Que essa tensão que me ocorre por dentro seja um dia recompensada.

Porque metade de mim é o que eu penso e a outra metade é um vulcão.


Que o medo da solidão se afaste, que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável.
Que o espelho reflicta em meu rosto o doce sorriso que eu lembro de ter dado na infância.

Porque metade de mim é a lembrança do que fui, a outra metade eu não sei.


Que não seja preciso mais do que uma simples alegria para me fazer aquietar o espírito.
E que o teu silencio me fale cada vez mais.

Porque metade de mim é abrigo, mas a outra metade é cansaço.


Que a arte nos aponte uma resposta, mesmo que ela não saiba,
E que ninguém tente complicar, porque é preciso simplicidade para fazê-la florescer.

Porque metade de mim é a plateia e a outra metade a canção.


E que a minha loucura seja perdoada.
Porque metade de mim é amor e a outra metade… Também.



(Oswaldo Montenegro)

Um bom Fim de Semana a todos...
Beijo